quinta-feira, 17 de novembro de 2016

(1 ano de) Maria Granel


Há pouco mais de um ano, fui pela primeira vez à loja Maria Granel, em Alvalade. Fiquei de imediato surpreendida pela variedade de produtos que nos oferecem, pelo espaço bonito e acolhedor e pelo projecto sustentável e sem embalagens que defendem. Um ano depois, no dia de aniversário da loja, visitei novamente. E, claro, novamente surpreendida - a Maria Granel nunca nos deixa ficar mal!

É fácil perdermo-nos nesta mercearia e tudo começa pela montra bonita que vemos do bairro de Alvalade. Ela chama-nos à atenção pela sua simplicidade e elegância. Por isso, se a montra é tão bonita assim.. imaginem como é lá dentro!



Quando um açoriano e uma minhota sonham juntos um projeto, é isto que acontece.
Ele traz no baú da memória aquele verde luxuriante das ilhas, as pastagens sem fim que só acabam no azul cobalto do oceano, entre o abraço das hortênsias e o ritmo suave das estações. Cresceu entre jardins e plantações de ananás, maracujá e bananeiras, correu e brincou descalço, aprendeu a ouvir o sussurro da terra e a agradecer as suas dádivas. Ela pertence a uma família de gente do campo, que nele trabalhou e nele encontrou sustento durante várias gerações. O mesmo verde, talvez mais retalhado entre quintas, granjas e casais, abundante de nascentes e levadas, pulsando entre os maciços graníticos e os regatos, correndo entre o milho e a vinha. O mesmo murmúrio da terra, ancestral, insondável, mágico.
E o que fazer quando a vida nos arrasta para outras paragens, longe das nossas origens? Trazer um bocadinho desse mundo à cidade, para pertinho de nós, e oferecer o que de melhor a Natureza nos dá.
Foi assim que nasceu a Maria Granel, uma mercearia a granel de produtos biológicos e tradicionais.
O conceito recupera o imaginário coletivo das nossas antigas mercearias de bairro: o cheirinho maravilhoso a café e a frutos secos, os cartuchos de cartão, o atendimento personalizado e atencioso de quem sabe sempre o nosso nome e os nossos gostos, e , claro, a venda a granel; mas com um toque de modernidade e assumindo como principal preocupação a sustentabilidade.

É assim que os fundadores nos descrevem este projecto.

  

 Tudo pensado ao pormenor, desde as cores do logotipo que nos remetem para a terra e o campo, aos produtores e ao próprio espaço (com um aroma tão bom a especiarias). É tudo tão harmonioso, misturando o antigo com o recente, fazendo que não nos apeteça sair de lá!


Nesta mercearia, todos os produtos estão dispostos em caixas e dispensadores. Somos nós que nos servimos com os frascos que trazemos de casa (tendo, se nos esquecermos, embalagens próprias da mercearia para utilizar). Mas a ideia é mesmo essa - trazer os frascos de casa e enche-los conforme queremos. Só levamos o que queremos e precisamos. Escolhemos, pesamos e trazemos para casa!

Perpétuas roxas
Chá de 4 especiarias

Entre chás, cereais, arroz, trufas (tão boas!!) bolachas, especiarias... há muitos produtos vegetarianos/vegans disponíveis na merceria. As trufas e as gomas são um deles. 

Servimo-nos de um frasquinho de gomas veggie que acabou por não resistir à viagem de carro de Alvalade- Sintra. São tããão boas!




Os dispensadores de arroz são qualquer coisa de fazer perder a cabeça! Para uma apaixonada de arroz como eu, é fácil sair da loja com arroz para os próximos meses. No Natal passado, foi essa a prenda de Natal que dei ao irmão e cunhada! 


Em Março, a mercearia criou um espaço de tertúlias às 5ª feiras - Quintas da Maria. Nestes dias, "a loja reinventa-se, transfigura-se e os dispensadores dão lugar a uma mesa comum - porque é à volta da mesa que se partilham os melhores momentos e porque é à volta do sabor que se constrói o saber. Há oficinas, workshops, showcookings, degustações, conversas, apresentações,  lançamento de livros, subordinados aos temas da sustentabilidade e alimentação saudável, conceitos fundamentais no projecto. Queremos dar à comunidade que nos acolheu o que de melhor temos e partilhar exemplos que nos inspiram e projetos que admiramos." 


Visitem esta mercearia, tragam os vossos frasquinhos de casa e preparem os presentes de Natal! É uma boa forma de oferecer a quem mais gostamos produtos biológicos, sem químicos e incentivar o consumo responsável e o zero desperdício! Ou.. ofereçam apenas a vocês! :)
Maria Granel
Rua José Duro, 22B
Bairro De Alvalade, Lisboa, Portugal
21 135 1896

1 comentário:

  1. Já vivi perto dessa mercearia e nunca lá fui *vergonha* Preciso de lá ir, nem que seja pelas gomas.

    Beijinho*

    ResponderEliminar